Saída de Campo K

Territórios Mineiros do Concelho de Idanha-a-Nova

 

De: Naturtejo
Com: Monitores da Naturtejo, Alunos e Profs. da Escola
Género: Acção e Aventura, ao vivo e a cores
Classificação: Alunos maiores de 13 e Professores maiores de 21
Estúdios: Centro Cultural Raiano, em Idanha-a-Nova e Minas de Segura (ou outros territórios mineiros em freguesias do concelho de Idanha-a-Nova, tais como S. Miguel de Acha ou Salvaterra do Extremo ou Medelim ou Rosmaninhal ou Termas de Monfortinho)
Duração: 6 horas
Disciplinas: Ciências Naturais  / Biologia e Geologia / Geologia

Argumento:

Alunos e Profs. chegam a Idanha-a-Nova e dirigem-se ao Centro Cultural Raiano, considerado por alguns, o último Castelo Raiano, devido à sua volumetria sólida e granítica com poucas aberturas para o exterior, à semelhança dos que outrora defendiam as populações. Já no seu interior, no foyer, realizam uma visita auto-guiada à exposição Quando a gente andava ao “Menério” com base no guião de exploração pedagógica, percorrendo os diversos painéis e expositores em busca das informações pretendidas. A exposição foi criada no âmbito de um projeto de trabalho transdisciplinar que consiste no estudo, valorização e salvaguarda do património mineiro do concelho de Idanha-a-Nova. Neste concelho a exploração mineira remonta ao período romano, tendo prosseguido no período medieval e nos séculos XIX e XX. Foi explorado estanho, volfrâmio, chumbo, zinco, ouro, bário e fósforo. A paisagem mineira desta área resulta de uma longa e complexa história geológica, que remonta há aproximadamente 600 milhões de anos e que hoje pode ser lida nas rochas, nos vales, nas galerias abandonadas e nas escombreiras de mina. Esta exposição foca-se numa das freguesias com um proeminente passado mineiro – Segura. Até ao final do ano Letivo 2011/2012, a exposição estará instalada em Idanha-a-Nova, numa segunda fase, a exposição irá ganhar um corpo nómada e deslocar-se-á no sentido das restantes freguesias com maior relevância nos seus passados mineiros (Rosmaninhal, S. Miguel  de Acha, Medelim, Salvaterra do Extremo, Termas de Monfortinho e permanecerá definitivamente em Segura, integrada num Pólo Geomineiro, que se pretende criar).
Depois da visita à exposição os alunos participam num atelier educativo dedicado a esta temática.
Já no campo, visitam um dos territórios mineiros do Concelho de Idanha-a-Nova, como por exemplo as Minas de Segura. Aí, podem entrar em antigas galerias, e observar escombreiras e a lavaria. Durante a visita de campo estudam a geodiversidade e compreendem a história geológica destas paisagens que permitiram a concentração destes recursos minerais e as tornaram territórios mineiros explorados ao longo de séculos constituindo o sustento de muitas famílias, no passado.

Fazer inscrição →
Bem-Vindos 'a Geonaturescola!

Conheça os nossos programas inscreva os seus alunos. Esperamos por vocês!

ApoiosRede Global

Geonaturescola ?2017 - Visitantes: 185275 - Desenvolvido por: citricweb.pt